Entenda porque seu filho tem que tomar todas as vacinas

Hoje em dia ainda questionamos muitas coisas que podem parecer claras para a maioria das pessoas que não são muito questionativas, mas que ainda nos leva a pensar se estamos atentos as questões que envolvem a saúde, se estamos nos cuidando como deveríamos e fazendo o mesmo com os filhos. Podemos responder que em geral sim, quando alguém fizer essas perguntas estamos atentos a saúde e cuidando da felicidade, valorizando tudo o que há de bom e útil. 

Não se trata apenas de um estilo de vida que cada um adota para si, é um assunto para refletir, observar e entender, começando pelas vacinas que os filhos precisam tomar.
Entenda porque seu filho tem que tomar todas as vacinas
Todos os anos, o Governo lança campanha de conscientização sobre a importância da vacinação, que é gratuita para as crianças e o que significa essa ação. Não pode se descuidar nem adiar, a menos que seja por um motivo de muita urgência, mesm

o assim, após a data inicial marcada em todo o país, é possível procurar o Posto de Saúde mais próximo para que seu filho tome a vacina, pois durante um período, os lotes de vacinas ficam nos ambulatórios para atender as pessoas que não puderam comparecer na data da campanha nacional.

O conhecimento é fundamental para nos levar a melhor entender o motivo pelo qual os filhos têm que tomar as vacinas, essa é a única e mais eficaz maneira de impedir que as crianças contraiam doenças perigosas de difícil cura e até letais.
Podemos tomar como exemplo da gravidade de não vacinar os filhos a poliomielite, mais conhecida como paralisia infantil. É uma doença sem cura e que se aloja na medula causando processos inflamatórios que podem levar ao óbito.
Entenda porque seu filho tem que tomar todas as vacinas
A contaminação do vírus que causa poliomielite é muito rápida e, mesmo no Brasil não tendo nenhum caso registrado, pode-se considerar uma doença erradicada, mas não pode se descuidar, pois existe o risco, ainda que pequeno de haver uma reintrodução do vírus no país por meio de viagens de pessoas vindo de outros países que ainda possa ter o vírus.
Vacinar é o meio mais rápido, barato e eficaz de proteção contra muitas doenças, que infelizmente não se limitam a poliomielite, tem a meningite, hepatite do tipo B, tuberculose, sarampo, tétano, difteria, coqueluche, caxumba e rubéola. Todas essas fazem parte do calendário de vacinação de cada criança.
Entenda porque seu filho tem que tomar todas as vacinas
Caso os pais não queiram vacinar os filhos no serviço público, pode consultar clínicas privadas especializadas em imunização que prestem serviços de vacinação.

Publicado por Estela Maria em 26 de outubro de 2015 às 14:00